search
top

7 EXTERMINADORES DA AMAMENTAÇÃO

Antes de aprender como amamentar o bebê, toda mãe deveria ser informada de quais são os 7 exterminadores de amamentação, os sete principais motivos pelos quais milhares de mamães desistem de amamentar todos os anos, privando seus filhos de todas as espetaculares vantagens do aleitamento materno.

Leia agora, quais são os sete vilões da amamentação:

I – Falta de Informação e Conhecimentos

II – Falta de Preparo da Equipe de Saúde

III – Mitos e Fatores Culturais

IV – Baixa Autoestima Materna

V – Falta de Apoio Familiar

VI – Chupetas e Mamadeiras

VII – Retorno da Mãe ao Trabalho

.

 I – Falta de Informação e Conhecimentos

A amamentação é tão antiga quanto o próprio ser humano.

Embora amamentar seja natural, a mamãe precisa ter acesso a todo o conhecimento acumulado ao longo das gerações acerca das maneiras mais eficientes de amamentar e acerca de como resolver eventuais dificuldades.

Em um mundo cheio de alternativas artificiais “fáceis”, é necessário que a mãe conheça todas as vantagens da amamentação, tudo de bom que ela pode trazer para seu bebê. Como amamentar sem ter o mínimo de conhecimento? Impossível.

Onde você pode conseguir o conhecimento necessário?

Bons profissionais de saúde, grupos femininos de apoio e bons livros.

Busque o conhecimento!

.

II – Falta de Preparo da Equipe de Saúde

Por mais estranho que possa parecer, a falta de preparo ou de atenção da equipe de saúde é um dos grandes responsáveis pela descontinuação da amamentação.

O que você pode fazer a respeito?

Procure um profissional de saúde em quem sinta segurança e que consiga responder todas as suas dúvidas sem sugerir a introdução do leite artificial.

As situações em que é necessário introduzir leite artificial são raríssimas!

.

III – Mitos e Fatores Culturais

Se você não souber o que fazer, logo surgirão ao seu redor, várias pessoas dando palpites descabidos e falando falsas verdades sobre como amamentar seu bebê.

Elas provavelmente falarão coisas do tipo:

“Seu leite é fraco”

“Quando os dentinhos nascem você precisa parar de amamentar”

 “Quando a menstruação aparece é o fim da amamentação”

“Se o bebê arrotar no seu peito, o leite seca”

“O leite de vaca faz ganhar peso mais rápido”

“Seus peitos vão cair se você amamentar”

“Seu filho já tem um ano, já está na hora de parar o peito”

Convenhamos, por que aceitar opiniões de pessoas que nunca foram bem sucedidas em amamentar ou que não são profissionais de saúde?

.

IV – Baixa Autoestima Materna

A mamãe com baixa autoestima terá tendência a achar que seu leite é fraco ou que não será capaz de vencer as adversidades. Sempre que a criança chorar, ela pode interpretar erradamente que o seu leite não está satisfazendo o bebê.

Essa é uma questão delicada que envolve muitas variáveis. Procure apoio da família, marido, amigos e de outras mulheres que tiveram sucesso na amamentação. Um bom pediatra ou ginecologista também poderão ajuda-la.

Seu leite é forte!

.

V – Falta de Apoio Familiar

Se dentro de casa não há suporte e apoio para amamentação, a situação pode ficar difícil. Alguns maridos não gostam de ver suas esposas darem o peito.

Amamentar exige bastante tempo. Uma mãe com muitas tarefas domésticas a cumprir pode sentir muita dificuldade em amamentar e ficar exausta. É preciso pelo menos uma ajuda nas tarefas.

Os meses iniciais podem ser um período muito conturbado, seja com leite materno ou com leite artificial. Pouco descanso e muito choro podem desencorajar, principalmente se não há incentivo e apoio em casa.

.

 VI – Chupetas e Mamadeiras

Um bebê recém-nascido que acostumar-se com chupetas e mamadeiras pode nunca mais voltar a pegar o peito ou sentir muita dificuldade em fazê-lo.

Isso acontece por que o modo de sugar a mamadeira é diferente do modo como se deve sugar o peito. O bebê pode achar mais fácil sugar a mamadeira, pois exige menos esforço.

Por que pegar peito se a mamadeira é mais fácil?

Quanto mais cedo o bebê entrar em contato com o bico artificial, pior será.

Queime as chupetas! Jogue no lixo!

.

 VII – Retorno da Mãe ao Trabalho

Muitas mães não são informadas de que é perfeitamente possível trabalhar e continuar o aleitamento materno exclusivo. Seu bebê não precisa tomar leite artificial só por que você vai voltar a trabalhar.

É possível usar uma “bombinha” para tirar o leite e armazená-lo em geladeira durante 24 horas, bastando conhecer as técnicas corretas para ordenha e estocagem. Caso queira, poderá fazer um estoque grande e bem organizado. O leite congelado em freezer dura até 15 dias.

Antes de fazer estoque procure informar-se corretamente.

.

 AMAMENTE SEU BEBÊ!

Agora que você conhece os sete exterminadores, estará mais preparada para enfrentá-los. Persista!

top