search
top

A PRIMEIRA VACINA DO BEBÊ É A AMAMENTAÇÃO

Amamentar-e-Vacinar

Pois é, você não sabia? A amamentação é a primeira vacina do bebê e deve ser “aplicada” ainda na sala de parto, dentro da primeira hora após o nascimento. Para entender, é preciso saber como as vacinas funcionam.

 .

.

COMO AS VACINAS FUNCIONAM?

As vacinas são substâncias que estimulam o corpo do bebê a produzir anticorpos. Quando uma vacina é injetada, o organismo reconhece a vacina como sendo uma substância invasora. O corpo “pensa” que está sendo atacado e produz anticorpos para defender-se. Só que o invasor (a vacina) é inofensivo, não faz nada.

 .

.

COMO A AMAMENTAÇÃO PODE SER VACINA?

O leite materno, assim como as vacinas, também deixa o organismo do bebê cheio de anticorpos, só que de maneira diferente. No caso a amamentação, o corpo do bebê nem sequer precisa produzir as defesas, pois elas já vêm bem prontinhas dentro do leite materno. Qual leite materno tem mais anticorpos?

 .

.

O COLOSTRO

O colostro é um leite materno “bombado”.

É aquele que vem nos primeiros dias, em pequena quantidade.

É um leite muito interessante (e diferente). Ele é bem grosso e tem cor amarelada. Mas você sabe por que ele tem esse aspecto? O motivo é o seguinte. Ele é tão rico em substâncias protetoras, tem uma quantidade tão grande de anticorpos que fica assim, bem concentrado e grosso.

 .

.

COMO OS ANTICORPOS CHEGAM AO LEITE MATERNO?

Durante toda a vida, cada vez que você pega um resfriado ou uma infecção, você produz anticorpos e adquire uma memória imunológica, que faz com que você nunca mais adoeça daquele vírus (ou bactéria).

Mas se é assim, por que nós pegamos tantos resfriados? Nós não temos a memória? Pois é, nós temos a memória, mas os vírus vão se modificando e escapando do sistema imunológico. Além do mais, existem milhares de tipos diferentes de vírus, o suficiente para ter resfriados a vida inteira. Cada resfriado é um vírus diferente.

.

vacina

.

Mas afinal, como os anticorpos vão parar no leite materno?

Pois bem, esses anticorpos ficam circulando no sangue da mãe, mas são capturados e secretados por todas as glândulas e mucosas do corpo materno, para que exerçam seu papel de proteção.

São secretados no nariz e brônquios (para proteger de resfriados), são secretados no intestino (para proteger de diarreias), são secretados na garganta (para proteger de crises de garganta) e são secretados também na glândula mamária (para proteger o peito e o bebê).

As glândulas mamárias secretam anticorpos e outros fatores de defesa.

É dessa forma, recebendo anticorpos, que o bebê fica imunizado (passivamente), num mecanismo diferente da vacina, mas que produz resultados mais rápidos e bastante eficazes. Sem essa “vacinação” o bebê não conseguiria defender-se sozinho de tantas doenças que existem por ai. O leite materno funciona como um suplemento imunológico para o bebê.

 .

.

LISTA RESUMIDA DOS FATORES DE DEFESA:

  • IgA Secretória
  • IgM Secretória
  • Lisozima
  • Lactoferrina
  • Mucina
  • Imunomoduladores
  • Leucócitos viáveis

Amamentando seu bebê logo na primeira hora após o parto, ele receberá a proteção imediata que só você pode oferecer.

 .

.

Veja também:

Primeira Amamentação – Quando Começar?

Grupos de Apoio á Amamentação

Um Grande Segredo Para Amamentar

 .

AMAMENTAR É VACINAR.

AMAMENTAR É PROTEGER.

top