search
top

ABANDONO DE BEBÊS – AMAMENTAR FAZ DIFERENÇA?

Vez por outra todos nós vemos cenas chocantes nos noticiários. Poucas cenas são mais fortes do que aquelas em que vemos bebês abandonados à própria sorte logo após o nascimento. Alguns enterrados, outros na calçada, no quintal do vizinho… Ficamos emocionados quando um desses bebês abandonados é encontrado vivo e é cuidado por alguém que, embora seja um completo desconhecido, tem mais amor à criança do que a própria mãe.

.

Será que a amamentação teria algum papel nesta novela? A amamentação é capaz de evitar o abandono? Como isso seria possível?

 .

Crianças Abandonadas - Amamentar Ajuda

.

AMAMENTAÇÃO E O HORMÔNIO DO AMOR

.

Os estudos confirmam que amamentar aumenta o vínculo materno e reduz os índices de abandono e rejeição.

.

Isso acontece por que, além de alimentar o bebê, a amamentação também preenche um papel muito importante do ponto de vista emocional e psicológico. Amamentar cria um forte vínculo entre a mãe e seu filho. Parte deste vínculo acontece graças à ocitocina, um hormônio liberado durante a amamentação e que provoca sensação de relaxamento, sonolência e paz.

A ocitocina também é liberada em todas as situações em que um ser humano sente amor, inclusive durante o orgasmo, provocando sensação de bem estar. No caso da amamentação a ocitocina não só provoca bem estar na mãe, mas também no bebê, que ingere a substância através do leite materno.

Durante o aleitamento, a mãe dá e recebe carinho.

Resultado: menos abandono.

.

 .

.

Veja também:

Amamentar Evita Resfriado em Bebês

Amamentação No Combate Á Obesidade

Amamentação x Sangramento Pós-Parto

.

.

AMAMENTAR FAZ MUITO BEM!

top